Inkanat
  A Empresa
  Contacte-nos
   
 
 
Artigos -> Óleos Vegetais
 
Croton lechleri: descripção, taxonomía, cultivo e colheta
 
Árvore de copa ampla, globosa e redondada, casca de cor cinza branquela, que exuda látex de cor vinhoso. Folhas cordadas, alternas, às vezes opostas ou verticiladas
  Recomendar a um amigo email my space Google twitter Comentários(0)

I. Taxonomía.

Família: Euphorbiaceae.

Nome científico: Croton lechleri Muell-Arg.

Nomes comuns: Eshape e Jata akui (ese eja); Ginmunaji (piro, yine); Irare, Jimi

mosho e Shawan karo (shipibo); Kosamáti (matsigenka); Masikamboya (amahuaca); Pau
de grau, Pocure, Racurana, Sangre de drago (Equador); Uksavakiro, Widnku
(amarakaeri); Yawar wiki (kichwa)
Outros nomes comuns: Sangue de Drago (Europa), Sangue de Drago (América Latina)

II. Descripção botânica da árvore de sangue de Drago:

A árvore de Drago se caracteriza por ter uma copa ampla, globosa e redondada, e por uma casca de cor cinza branquelo, que exuda látex de cor vinhoso. Folhas cordadas, alternas, às vezes opostas ou verticiladas, de 12 a 20 cm de comprimento e 5-14 cm de largura, com 2 glândulas na base, as mais novas apresentam uma estrutura ferrugínea, tomentosa em ambas caras.
Inflorescencia terminal em galhos laxos. Flor de cor ámbar, estambres numerosos.
Fruto capsular globoso, deprimido, elásticamente deiscente, de 3 mm de comprimento e de 4,5 mm de largura, apresenta 3 monocarpos bivalvos. Sementes lisas com carúncula e endosperma oleaginoso.

III. Dados ambientais

Clima: Cálido com alta humidade relativa, temperatura média anual entre 17,7 e 30ºC, precipitação pluvial entre 2 000 a 3 300 mm/ano com uma mínima de 1 000 mm, nivel altitudinal entre 300ª 2 080 msnm.
Solo: Desenvolve-se bem em solo arciloso a areioso-arciloso, com abundante ou escasa matéria orgânica, com boa drenagem e bons ares e moderadamente ácidos (5,6 a 6) a ligeiramente alcalinos (7,4 a 7,8).

Árvore de sangue de Drago

IV. Biotopo de poblaciones Naturales:

A árvore de Sangue de Drago mora em lugares próximos a quebradas, bosques primários e secundários, restingas, sítios novos, purma fechada, purma jovem, em solos inundáveis com crescente alta. De preferência está em lugares sombreados, embora tambén prospera em lugares iluminados. Resiste medianamente a inundação.
Compartilha seu hábitat com as siguientes espécies: Cetico, charichuelo, algodão, zapote, limão, pinha, chiricsanango, unha de gato, ubos, patiquina, tangarana, malva, cana de açúcar, huamansamana, uvilla, huasai, cashapona, bijao, huacapu, topa, aguaje, shimbillo, carahuasca, escada de macaco, abuta, huacrapona.

V. Cultivo do Sangue de Drago:

Época de plantio: Em várzea (restingas inundáveis), a plantação debe se estabelecer imediatamente depois da cheia (junho em ponto de Iquitos). Nos solos de terra firme, é vantajoso plantar no começo da época chuvosa (novembro-dezembro na zona de Iquitos).
Espaciamento: Recomenda-se 6 m x 6 m y 7 m x 7 m. Também puede se usar distanciamientos de 5 m x 5 m y 10 m x 10 m (F. Ayala, comentario pessoal).

Labores de cultivo: Control de más hervas, durante o primeiro ano de plantação para evitar a concorrência.

Proposta de asociação de cultivo: Pode estabelecer-se em purmas de áreas não inundáveis ou em restingas altas, compartilhando o espaço com especies forestales o frutales tales como aguano, cedro, tornillo, cacao y achiote. Los cultivos temporales, al establecerse durante los 2 primeros años de la explotación, serán elegidos de acuerdo al criterio del interesado.

Propagação: Mediante semente sexual. O poder germinativo da semente fresca pode alcanzar um 80% em 14 dias. Usando nebulizador tem se conseguido sua propagação mediante estacas de galho. O transplante se realiza a raíz nua, em buracos de 30 cm de diámetro e 30 cm de profundide, quando os plantas maiores têm uma altura de 20 cm. Nessas plantas de regeração natural com uma altura de mais de 20 cm, se obtem que pegue no 80%. Ver video no seguinte link Cadeia de valor de Sangue de Drago



VI. Colheta e conservação do produto (Resina de Sangue de Drago)

Partes aproveitadas: Látex, casca e madeira.
Colheta: A retirada do látex deve se realizar sem derrubar a árvore, com o método shiringuero, mediante o corte em espiral ou o corte em forma de V, sobre a casca do fuste na altura do peito. Com o corte em espiral praticado no tipo de isquerda a direita, consegue-se um maior rendimento do látex. Os factores que influem no rendimento do látex são: Radiação solar, diâmetro da árvore, folhagem, ângulo de corte, precipitação e fase luar, sendo o maisconveniente entre quarto crescente e lua cheia.

O rendimento do látex em uma manhã em lugares inundáveis e época chuvosa, foi de 250 cc em árvores de 35 cm de diâmetro e de 2 000 cc em árvores de 50 cm de diâmetro. Em Ucayali, o florescimento ocorre de junho a agosto, a fructificação em setembro. Considera-se que o plantio atinge rendimentos económicamente rentáveis a partir do oitavo ano do sembrio. A produção nacional entre os anos 1991 e 1993 foi em mídia de 3600 litros de látex/ano e de 3 160 kg de casca/ano.

Manejo pos-colheta: O látex depois da retirada, deve se manter envasado herméticamente e em lugares frescos. A adição de aguardente en pequena quantidade, evita que o produto se cristalice.

Informação complementária
Componentes químicos: Contem o alcaloide taspina (ação cicatrizante),
proantocianidina oligométrica (SP-303). Espécies desta família apresentam agentes antitumorales e alcaloides como: Piridona, indol aporfina, quinoleína, tropano, ácidos gordurosos insaturados, antraquinonas, epoxiácidosgrasos, triterpenoides. Do gênero Croton, têm se aislado 30 alcaloides, 22 com estrutura conhecida, sendo os principais: Solutaridina, taspina, sinoacutina, sparciflorina. Também se acha ácido benzoico, pigmentos, taninos e outros compostos.

Uso medicinal: Antiséptico vaginal, cicatrizante, contracepcional, afeções dérmicas, anemia, câncer, diarreia, retirada dental, faringe- amigdalites, febre, gonorreia, hemorroidas, leucorrea, paludismo, tumor, úlceras estomacais e intestinais.

Outros usos: A madeira desta espécie se usa para a confeção de caixões,
mondadentes, polpa para papel e lenha.

Distribuição geográfica: Na América tropical e sob tropical. No Peru, encontra-se nos departamentos de Loreto: Llachapa, rio Napo; Indiana, rio Amazonas; Padre Cocha e Momón, rio Nanay; San Martín; Huánuco; Cerro de Pasco: Oxapampa, Satipo, Puerto Bermúdez, Iscozacín, Villa Rica; Junín: Chanchamayo; Cuzco e Puno.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Referências Bibliográficas
MINISTERIO DE AGRICULTURA E REGO DO PERU – WWW.MINAGRI.GOB.PE
NEBEL, G.; DRAGSTED, J.; VANCLAY, J. 2000 b. Estrutura e composiçãoflorística do bosque da planura aluvial inundável da Amazônia Peruana: II. O sotobosque da restinga. Em: Folia Amazônica 10: 151-182.
MEJIA, K,; Plantas Medicinais de Uso Popular na Amazônia Peruana.
KVIST, L.P.; ANDERSEN, M.; STAGEGAARD, J.; LLAPAPASCA, C. 2001a. Extraction from woody forest plants in flood plain communities in Amazonian Peru: use, choice, evaluation and conservation status of resources. En: Forest Ecology and Management 5465: 1-28.

 
INKANATURA - 10/12/2018
 
 
Comentários(0)
     
   
   
 
Escrever um comentário

Seus comentários são bem-vindos e serão revistos antes de publicar, por favor note que:
- Não aceitamos publicidade ou comentários ofensivos.
- Não respondemos aos questões de saúde, por favor dirigir suas perguntas para outros leitores.
Por favor, note que esta seção é sópara informação e não é pretendida como um substituto para qualquer tratamento de saúde.

   
Nome:  
e-mail  
Mensagem:  
   
     
 
 
 
 
 
Produtos Recomendados
Sabonete artesão de Sangue de Drago, 100g




Sangue de Dragão INKANAT 30ml - OFERTA




 
 
Artigos Relacionados
 
 
 
 
 
 
Inkanatura import export SL - derechos reservados ©
A informação e comentários conteúdos nesta web tem carácter informativo e não se pode considerar como substitutiva da prescripção, diagnóstico ou tratamento médico. Se tiver qualquer doença ou enfermidade lhe recomendamos que consulte com um profissional da saúde.
Elegir Idioma:EnglishEspañol - EnglishEnglish - FrançaisFrançais - DeutschDeutsch -ItalianoItaliano - NederlandsNederlands
Info: Maca - Rosa Mosqueta - Argan - sementes de chia - oleo onagra - stevia - Óleos Essenciais - Graviola - camu camu - unha de gato
Informação da Empresa Informação de Pedido Informação de Produtos Redes sociais
A Empresa
Fale Conosco
Distribuiçâo
Aviso Legal
Mapa do site
A Loja
Minha Conta
Cesta
¿Cómo Comprar?
Info Saúde
Cosmética Natural
Bem-Estar natural
Alimentaçâo Natural
Suplementos Alimentares